sexta-feira, 20 de agosto de 2010

The Pretty Reckless

The Pretty Reckless é uma banda de rock originária de Nova Iorque e composta por Taylor Momsen (Gossip Girl), Ben Philips, Mark Damon e Jamie Perkins. A banda tem influência de Beatles, Audioslave, Nirvana e Soundgarden. Segundo a líder, Momsen, tem um som pesado, dark e imprevisível, mas também sendo calmo e divertido.
Em 2009 eles abriram a tour das The Veronicas, e em 2010 o primeiro álbum da banda será lançado, com o nome de "Light Me Up", no verão americano. O primeiro single da banda chamado "Make Me Wanna Die" já foi lançado no iTunes, alcançando o #16 no UK Charts, além do #1 no UK Rock Tracks. O clipe já está sendo divulgado pela MTV americana. Essa mesma música está na trilha sonora do filme "Kick-Ass". A banda participará do Vans Warped Tour 2010 entre junho e agosto.

Recentemente foi lançado um EP da banda, já disponível em diversos sites de compra como Amazon com 4 faixas: "Make Me Wanna Die", "My Medicine", "Goin' Down" e "Zombie".

Quando me falaram pela primeira vez que uma atriz do Gossip Girl tinha uma banda de rock, fiz cara feia quase que de imediato. Não botei fé nenhuma. Achei que seria uma Rocker-Wannabe à la Miley Cirus. Mais uma vez eu me enganei. The Pretty Reckless tem um som pesado, um vocal sofrido e letras bem dark, numa combinação infalível com o visual da banda toda. É sucesso na certa. 

Estou ansioso pelo lançamento do CD, porque se vier na mesma qualidade que foi o EP, eles vão fazer sucesso sim. Só espero do fundo do coração que Taylor Momsen não dê uma de Avril Lavigne e resolva se vender por completo para o pop.

Deixo aqui o CD que fecha a 1ª Semana Temática do Ideias Abaurônicas, obrigado a todos que depositaram tempo lendo os posts com enormes biografias e em breve vou colocar uma enquete para vocês leitores decidirem a próxima semana temática.

Photobucket






Título: The Pretty Reckless EP
Artista: The Pretty Reckless
Ano: 2010













Fonte biografia: Last.fm

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails