terça-feira, 20 de maio de 2008

Perguntas e Situações Constrangedoras?

E aeew galera tudo certo?? Espero que sim!!

Seguinte... faz um tempo que eu não atualizo essa bagaça aqui e eu precisava atualizar MESMO!
Contarei uma piadinha? Não.
Farei um podcast? Não.
Falarei sobre nossa complexa existência e como o sistema capitalista é repressor juntamente com a Rede Globo Formadora da Opinião da Massa? Quase isso.
Agora eu preciso de um início... e até já sei como será.
Esses dias eu estava conversando com umas amigas e de repente surgiu o assunto sobre perguntas constrangedoras. Esse é o tipo de situação que a gente se depara todos os dias, principalmente se você convive com crianças de até 8 anos [eeeh... hj em dia eles aprendem mto rápido]. Imagina só, uma mãe religiosa se deparando com o filho "Mamãe, o que é quando um casal faz 69?". O que ela faz? Respira fundo, fazendo com que seu pensamento fique absurdamente rápido, olha pros lados e responde "Quer dizer que eles desenham o número 69... no... chão... do quarto ^^"" ou então fica aquele clima super chato e a mãe finge não ter ouvido a pergunta. No fim das contas agente pode concluir que na verdade qualquer pergunta relacionada a sexo tem um valor muito constrangedor.

Um exemplo [no machismo, mas acredito que isso seja mais constrangedor com mulheres]: imagine você, moça que lê o Idéias Abaurônicas, com uma amiga bem jovem e a mesma pergunta pra você "Você acha q eu sou virgem?". E AGORA, JOSÉ? Essa é uma pergunta muito dificil... pq assim... se você responder "Sim" pode parecer que você acha a pessoa muito inocente... agora se você falar "Não" e a pessoa realmente for virgem... aí você perderá a amiga. Portanto nessas horas o melhor ser feito é respirar fundo, fazer cara de quem está tirando um sarro e dizer "Pq vc tá me perguntando isso?". Se a pessoa insistir na pergunta, responda com um ar de pergunta e com cara de quem não está levando a sério, "Sim?? Oo".

Responder com uma pergunta é algo totalmente paradoxal e é bem classico de aluno que não sabe a resposta:
"- Joãozinho, quando o processo de globalização teve inicio?
- Aaaahm... tipo... grandes navegações???"
Também é típico de pessoas desconfiadas: "Me empresta seu lápis?" "PRA QUE??? ò.Ó". Mas é possivel ter uma conversa somente com perguntas... é lógico... será confuso e cansativo... é uma verdadeira prova para descobrir a pessoa mais criativa e teimosa.

Agora, voltando no assunto de coisas constrangedoras... passar vergonha é algo muito tenso... eu por exemplo fico vermelho... mas vermelho mesmo! E o pior de tudo é quando fazemos alguma afirmação constrangedora e tentamos consertá-la. Amigo, quer um conselho? NUNCA TENTE ARRUMAR UMA AFIRMAÇAO CONSTRANGEDORA! Pode agravar mais ainda a situação e fazer tudo ficar mais difícil, veja por exemplo, o que aconteceu com uma antiga professora minha:
"(..)Antiga Psora está no dentista e este resolve fazer o diagnóstico final:
- Bom... a senhora pode ficar calma porque esse é um problema muito comum em mulheres com mais de quarenta anos... QUER DIZER... não que a senhora pareça velha... na verdade você está muito boa... NÃO, não foi isso que eu quis dizer... não é que a senhora seja REALMENTE bonita...(e assim foi por um bom tempo)."

É por isso que sempre que eu dou um fora eu tiro mais sarro ainda. Teve até a vez que eu fiz aquele post sobre a igreja SUPER-ALTERNATIVA "Bola de Neve" e um amigo meu chegou falando "É a igreja que eu frequento" e eu disse "Pow, vou te dar uma playboy da Monique Evans que eu tenho aqui e daí você pega um autografo dela pra mim" xDD.
Galera, prometo que o proximo post terá um conteúdo mais rico XDD esse foi bem pra não deixar de atualizar e aguardem os posts sobre Festas Familiares!!!

Até mais!!!!
Related Posts with Thumbnails