sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Filosofias Abaurônicas VIII: Fator Corno

Faz muito tempo que não posto nenhuma Filosofia Abaurônica e tenho que admitir que estou passando por um crise criativa inacreditável. Então... como eu geralmente faço quando isso acontece, eu vou começar a escrever e o que sair, saiu.

Esses dias estava pensando num fenômeno internacional temido por muitos e presenciado por mais gente ainda. Ele também assombra famílias e casais nos quais um dos cônjuges possuem a idade muito avançada. Sim. É o que você está pensando (ou não). O "Fator Corno".

Mas antes de começar a falar do "Fator Corno", é necessário lembrar que não falaremos necessariamente de traição, mas do caso mais generalizado que define esse termo: Todos estão sabendo de uma determinada situação, menos você.

Os primeiros indícios de que você está sendo um "Corno de Plantão" (vamos chamar assim) é perceber que algumas piadas do seu ciclo de amigos não fazem sentido pra você. Nesse momento, existem dois caminhos:
  • Caminho A para pessoas orgulhosas: finja uma risadinha que provavelmente vai denunciar sua ignorância sobre o assunto mostre seu conhecimento do assunto. Se tudo der certo o máximo que vão fazer é perguntar "Você também está sabendo?" e você, rápido e confiante dirá: "Lógico. Tenso, hein". E pronto. Você estará incluso na conversa, no entanto ainda sem saber do ocorrido, por isso seja rápido e saia do recinto antes que alguém te peça pra opinar.
  • Caminho B para pessoas não-tão-orgulhosas: ao perceber os primeiros indícios de um assunto que você está por fora, seja rápido. Vá até a pessoa mais ocupada do recinto, ela provavelmente saberá da notícia, apesar de não dar a mínima pra ela, e te deixará a par dos acontecimentos
  • Caminho C para pessoas humildes: Pergunte o que aconteceu. Lógico que esse caminho é a famosa "faca de dois legumes". Seus amigos podem ser super legais e responder na boa ou podem aproveitar pra mandar uma das frases mais dolorosas de todas: "Você não ficou sabendo?"
Quando alguém te diz "Você não ficou sabendo?" é praticamente como se tivessem escrito "Corno" na sua testa. Bate aquele sentimento de ignorância e de repente você percebe que será o novo tópico da fofoca seja ela qual for, ou seja, sempre depois de contá-la, algum engraçadinho vai dizer "Acredita que Fulano não estava sabendo?".

Agora o pior de todos os desinformados é o indivíduo que foi "Corno de Plantão" a vida toda se fica sabendo de alguma notícia, logo quer sair contando pra todo mundo e passar seu cargo pra outro infeliz. Lógico que isso tem um margem de erro muito grande, porque se você sofreu do "fator corno" a vida inteira, é bem provável que continue assim. É aí que acontecem situações traumáticas que só podem ser curadas com anos e anos de terapia. O sujeito chega todo posudo pra contar sua super notícia, e antes de terminar alguém diz: "Já fiquei sabendo.".  Ou o golpe de misericórdia: "Nooossa, agora que você ficou sabendo?". Haja psicólogo para consolar um "Corno Fofoqueiro Wannabe".

Então, se você é um "Corno de Plantão", não se aflita, existem outros como você. Não é todo mundo que possui boas fontes de notícias. O importante é manter-se no estado de "Corno", sempre entre aspas. Porque se você chegar no patamar de Corno Tr00, well my friend... melhor abrir o olho... não queremos ninguém furando eles, né?

Um comentário:

Spooky disse...

Como meu professor diz.
As doenças psíquicas em 90% é de fundo sentimental, AMOR!.
Ou seja, é sempre a mesma conversa, caminhos diferentes, mas no final é amor. XD

Related Posts with Thumbnails